Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Certificados de Extensão > Notícias > Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica celebra 113 anos
Início do conteúdo da página

Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica celebra 113 anos

Publicado: Sexta, 23 de Setembro de 2022, 15h36 | Última atualização em Sexta, 23 de Setembro de 2022, 15h40 | Acessos: 1247

Em tempo de crise e cortes orçamentários, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica mantém a educação de qualidade e excelência.


Nesta sexta-feira, 23 de setembro, a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica completa 113 anos de uma história iniciada com a criação das primeiras Escolas de Aprendizes Artífices, pelo então presidente da República Nilo Peçanha, por meio do Decreto nº 7.566, de 23 de setembro de 1909. Uma história que ultrapassa um século com várias nomenclaturas, institucionalidades, marcos legais e objetivos pedagógicos, mas que mantém o foco na formação qualificada para o trabalho, na inclusão social, no desenvolvimento humano e na intervenção na sociedade. 

Unidades da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e TecnológicaNo decorrer dos anos, a centenária Rede foi modernizada e está presente em todo o território brasileiro, principalmente em seu interior. Atualmente são 661 câmpus em 578 municípios do País. Mais de um milhão e meio de estudantes frequentam um dos quase 12 mil cursos ofertados desde o nível básico até a pós-graduação. Para isso, a estrutura nacional conta com mais de 80 mil servidores. A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica é formada por 38 Institutos Federais; dois Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefets); 22 Escolas Técnicas Vinculadas às Universidades Federais; e pelo Colégio Pedro II. 

O Instituto Federal de São Paulo (IFSP) é o maior da rede, com mais de 50 mil alunos, quase cinco mil servidores e 37 câmpus espalhados por 34 cidades paulistas, oferecendo cursos de excelência alinhados às demandas do setor produtivo local.

Para comemorar os 113 anos, o Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) divulgou uma página, no site redefederal.org.br, contendo histórico, linha do tempo, números, galeria de fotos e as ações desenvolvidas pela Rede Federal em prol da sociedade ao longo de sua história, oportunidades ofertadas por meio da verticalização do ensino, da pesquisa aplicada, da inclusão social, do desenvolvimento local e regional, entre outras.  

Conif – Criado em 24 de março de 2009, o Conselho reúne os dirigentes máximos dos 38 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica (Cefets) e o Colégio Pedro II e tem dentre os objetivos a valorização, o fortalecimento e a consolidação da Rede Federal, que contabilizam mais de 600 unidades em todo o País. O Conif atua no debate e na defesa da educação pública, gratuita e de excelência. 

Hoje também é celebrado no dia 23 de setembro, o Dia Nacional dos Profissionais de Nível Técnico, também conhecido como Técnico Industrial, data que foi instituída pela Lei n.º 11.940, de 19 de maio de 2009, como referência à assinatura do decreto de criação de 19 escolas de aprendizes artífices, pelo então presidente da República Nilo Peçanha, em 1909. A data comemorativa tem por finalidade marcar a criação da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica para os brasileiros, que foi instituída pela Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008.

Fontes:

*Com informações da Reitoria.

** Imagem das unidades da Rede disponível em: http://portal.mec.gov.br/rede-federal-inicial/instituicoes


Notícia relacionada:

Rede Federal celebra 113 anos em meio a cortes no orçamento e reconhecimento internacional


Saiba mais sobre a Rede Federal:

Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica


Siga o Câmpus São José do Rio Preto nas redes sociais

/ifspriopreto

@ifsp_riopreto 

Fim do conteúdo da página